segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Tá chegando... Mas, e aí?

Hoje, dia 25/11/2013, faltam exatamente 61 dias para o meu embarque para a tão famosa Ilha Esmeralda. E o que passa na minha cabeça? Muitas coisas... boas e também ruins. Pra quem quiser acompanhar/comparar os meus pensamentos, continuem lendo a postagem.

Como já disse em alguma outra postagem, eu decidi que queria fazer intercâmbio logo quando finalizei o Ensino Fundamental (8ª série), só que nunca deu certo pois não tinha um nível legal de inglês e muito menos grana para bancar. Pois bem, hoje (graças a Deus) estou prestes a realizar este sonho.

SIM! Acredito que, como muitos de vocês, eu também estou muito animado para o meu intercâmbio e tentando controlar minha ansiedade porque dizem que alegria de pobre dura pouco, por isso, não quero criar muitas expectativas. Estou sonhando em como será o meu dia-a-dia, minha rotina, minha escola, minha sala de aula, meus amigos de sala e também com os meus futuros flatmates/roommates. Penso no meu futuro job, pois espero conseguir o mais rápido possível para economizar grana. E o meu nível linguístico? Será que vou dar conta? Estou até pensando em como vou me virar pra não passar frio, pois fiquei sabendo que o inverno de 2013/2014 será o mais gelado dos últimos 100 anos. Então, boa sorte pra mim. hahahaha

Apesar de todas as coisas boas, também penso no lado negativo da situação. InFelizmente sou muito apegado nas pessoas, nas coisas... em tudo. Isso me prejudica demais. Quanto mais se aproxima a data, mais eu encano nos meus pensamentos, nas coisas que estou fazendo e também nas coisas que não estou fazendo. Não sei como minha mãe e meu pai vão ficar, minha irmã está prestes a se casar e eu só voltarei um pouco antes do casamento dela, minha família, minha namorada (que vou ficar quase 6 meses longe), meus amigos... Tudo! Muita gente acha que tá sendo muito fácil pra mim, mas não imaginam nem a metade do que eu tô sentido. A mistura de sentimentos e sensações é muito grande. Ao mesmo tempo que estou feliz e animado, me sinto triste e culpado.

Li uma postagem no facebook, que me chamou muito a atenção. Para aproveitarmos o nosso intercâmbio, temos que VIVER o intercâmbio e esquecer o resto. Esse "esquecer" não significa que nunca mais vamos ligar para os parentes, namorada(o), amigos... CLARO QUE NÃO! Eu também não conseguiria... Mas temos que nos esforçar para desfrutar o máximo dessa nossa aventura. Aprender a língua, conhecer lugares, entender a história, viver novos hábitos e novas culturas.

Não sei se vai ser bem assim... Vou contando a minha experiência por aqui. 
A sua situação é parecida com a minha? Deixe um comentário! ;)

5 comentários:

  1. Bruu, vc vai se sair mto bem!! Tenho ctz disso.. No começo pode ser mais dificil mas depois vc vai aproveitar, fique tranquilo. Vai contando tudo aqui em haha Um dia tb vou ter esse coragem. beijos, Fer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Fer! Obrigado pelo comentário! hahahahah..
      Então, tomara mesmo que eu consiga dar conta de toda essa loucura! kkkkkkkkkkk..

      Beijos!!

      Excluir
  2. Brunoooo.. Eu fico lendo seus post, e fico "aguado" querendo fazer esse intercâmbio tbm! Mas eu ainda vou, to me preparando pra isso.. hahaha.. Quero continuar sabendo mais viu, qdo for a minha vez, vou seguir todos os seus passos compartilhados! kkkkkkk. Abraço! ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. WeeeeLL!! Que bom que está gostando do meu blog! Você sumiu, hein?! Como você está? Eu ainda nem sei como é fazer um intercâmbio, mas já te apoio a fazer sim! hahahahaha.. Tô com medo, mas vamos ver no que é que dá. Continue acompanhando o blog, vou postar coisas mais frequentes quando eu estiver lá! :)

      Abração!

      Excluir
  3. To adorandooo! Eu to beem, sempre por ae, rs! Vai na fé, to torcendo por voce! E já estou ansioso pelas próximas postagem.
    Abraço!
    :)

    ResponderExcluir